Genes e ambiente influenciam capacidade de leitura

Estudo norte-americano compara crianças filhas de pais biológicos e adoptivos

14 outubro 2002
  |  Partilhar:

Tanto os genes como o ambiente são importantes factores de influência da capacidade de leitura das crianças, indicou um estudo realizado recentemente por investigadores da Universidade do Colorado, em Boulder.
 

 

No estudo – o qual envolveu mais de 500 pais e filhos, cerca de metade dos quais adoptivos - os investigadores observaram que não houve semelhança na capacidade de leitura entre pais e filhos adoptivos, e que, no geral, a capacidade de leitura das crianças que não foram adoptadas foi semelhante àquela dos pais biológico.
 

 

Além disso, determinados aspectos do ambiente de cada criança pareceram ter um grande impacto na performance de leitura. Estas influências ambientais foram específicas para cada criança, o que, segundo adianta o estudo, podem ser consequência, em parte, de professores, colegas e outras diferenças no ambiente escolar. Por outro lado, a capacidade de leitura dos pais pareceu não alterar o impacto destas influências ambientais.
 

 

 

Essas conclusões reforçam estudos anteriores, que já haviam comparado os resultados de versões infantis de testes de leitura para adultos, aplicados a crianças de 7 a 12 anos, aos resultados dos testes dos pais. «Como a maioria das características comportamentais, as diferenças entre a performance individual na leitura são influenciadas tanto pelos genes quanto pelo ambiente. A influência de um não exclui a influência do outro», explicou a principal autora do estudo, Sally J. Wadsworth. Os resultados do estudo actual foram publicados na edição de setembro do Journal of Child Psychology and Psychiatry.
 

 

O estudo incluiu ao todo mais de 500 pais e filhos, ou seja, 245 pais e filhos adoptivos e 245 pais e filhos biológicos, todos envolvidos no Projecto de Adopção do Colorado - estudo de longo prazo sobre influências genéticas e ambientais no desenvolvimento comportamental, financiado pelo Instituto Nacional de Saúde Infantil e Desenvolvimento Humano e Instituto Nacional de Saúde Mental.
 

 

Traduzido e adaptado por:
 

Paula Pedro Martins
 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.