Genes afetam a inteligência ao longo da idade

Estudo publicado na “Nature”

24 janeiro 2012
  |  Partilhar:

Os fatores genéticos poderão ser responsáveis por cerca de 24% das alterações que a inteligência sofre entre a infância e a velhice, sugere um estudo publicado na revista “Nature”.

 

Os resultados deste estudo também sugerem que muitos dos genes que afetam a inteligência na infância também poderão influenciar a inteligência na velhice.

 

Desde há muito tempo que os cientistas tentam perceber como é que a função cognitiva se altera com a idade e porque é que estas alterações ocorrem mais rapidamente numas pessoas do que noutras. Isto porque a conservação da saúde mental tem um papel importante no envelhecimento saudável, nomeadamente na capacidade de executar as tarefas diárias de uma forma independente.

 

Neste estudo, os investigadores das Universidades de Edinburgh, Queensland e Aberdeen, na Escócia, analisaram o ADN de 1.940 indivíduos que foram submetidos a testes para avaliação da função cognitiva. Estes testes foram realizados quando os participantes tinham 11 anos, e foram repetidos 54 a 68 anos mais tarde, quando os participantes tinham 65, 70 ou 79 anos.

 

Os investigadores, liderados por Ian Deary, testaram mais de meio milhão de variantes genéticas comuns em regiões específicas do ADN, denominadas por polimorfismos de nucleotídeo único, associadas com os indivíduos cuja inteligência tinha sofrido um declínio ou se tinha mantido estável.

 

“Fomos capazes de estimar qual a contribuição da genética nas alterações da inteligência na infância e na velhice, e as alterações entre estes dois períodos, nos mesmos indivíduos”, revelou Ian Deary em comunicado de imprensa.

 

O estudo constatou que os fatores genéticos são responsáveis por aproximadamente 24% das alterações na inteligência entre a infância e a velhice. No entanto, o estudo mostrou que o que mais influencia as alterações na inteligência são provavelmente os fatores do meio ambiente.

 

Ian Deary conclui que estes resultados poderão ajudar a “entender porque é que alguns indivíduos envelhecem de uma forma mais saudável que outros”.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.