Genéricos para tratamento de Doenças Cardiovasculares tão eficazes como medicamentos de marca

Estudo publicado no Journal of the American Medical Association

17 dezembro 2008
  |  Partilhar:

Os genéricos são clinicamente equivalentes aos fármacos de marca usados no tratamento das doenças cardiovasculares, segundo uma análise de múltiplos estudos clínicos publicada pelo Journal of the American Medical Association (JAMA).
 

 

O estudo da Harvard University, em Massachusetts, nos EUA, consistiu numa vasta análise de estudos clínicos comparativos de genéricos e medicamentos de marca publicados entre 1984 e Agosto de 2008, de forma a determinar a opinião dos peritos sobre a questão. Foram também examinados artigos publicados na imprensa sobre este tema durante o mesmo período.
 

 

No total, os investigadores identificaram 47 artigos de análise médica detalhada de nove medicamentos cardiovasculares (genéricos e de marca), dos quais 38 (ou 81%) apresentavam resultados de ensaios clínicos controlados com participantes escolhidos ao acaso. Em todos os casos, sem nenhuma excepção, os genéricos foram tão eficazes como os medicamentos de marca equivalentes.

 

No entanto, entre os 45 artigos de imprensa publicados no mesmo período, 23 (53%) contrariavam a ideia de que os genéricos e os medicamentos cardiovasculares de marca devessem ser indiferentemente receitados. Esta discrepância poderá ser explicada, por um lado, por inquietações de médicos "baseadas em experiências anedóticas ou outros ensaios não clínicos", ou "por ligações financeiras entre os autores dos artigos e as empresas farmacêuticas, nem sempre transparentes", referem os autores do estudo.

 

Fontes: Lusa e Imprensa Internacional 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

 

 

 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.