Genéricos mais caros

Associação de Farmácias pede clarificações ao Governo

19 setembro 2005
  |  Partilhar:

Um estudo da Associação Nacional de Farmácias (ANF) indica que os doentes estão a pagar mais pelos genéricos desde a recente alteração da lei de comparticipação dos medicamentos, revela a edição de segunda-feira, dia 19, do jornal Público."Os genéricos tinham até agora uma comparticipação acrescida de dez por cento, para estimular o seu consumo, mas a alteração das regras de comparticipação - que entrou em vigor no passado dia 10 - implicou o fim deste apoio", esclarece o jornal. A ANF especifica que "o fim da majoração de dez por cento na comparticipação dos genéricos custará mais 4,2 milhões de euros, por trimestre, aos utentes", o que tem "um impacto negativo no bolso dos portugueses".O estudo foi apresentado pelo presidente da ANF, João Cordeiro, que em conferência de imprensa apelou ao ministro da Saúde para que clarifique "a confusão gerada entre os doentes sobre os preços dos medicamentos", escreve o Público.Fonte: PúblicoMNI-Médicos Na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.