Genéricos atingem maior quota de mercado de sempre

Dados do INFARMED

03 abril 2007
  |  Partilhar:

 

Os medicamentos genéricos atingiram em Fevereiro a maior quota de mercado de sempre em Portugal, 17,04%, registando um crescimento de 29% relativamente a igual período de 2006, anunciou o INFARMED.
 

 

Em termos de embalagens vendidas, os genéricos registaram um crescimento de 28,2%, o que corresponde a uma quota de 10,78%, indicam os dados do Instituto Nacional da Farmácia e do Medicamento (INFARMED), que regula o mercado dos medicamentos em Portugal.
 

O grupo fármaco-terapêutico com maior representatividade foi o dos antidislipidémicos (tratamento de colesterol (LDL) e triglicéridos), com 20,8% no total de consumo de genéricos em valor e 9,5% em volume.
 

 

As substâncias activas de maior consumo, em valor, foram a sinvastatina (tratamento do colesterol LDL), o omeprazol (protector gástrico) e a pravastatina (tratamento de colestrerol LDL), com 36,2%.
 

 

Em volume, as substâncias no topo da lista foram a nimesulida (anti-inflamatório), a sinvastatina e o omeprazol (23,7).
 

 

O INFARMED vai organizar este ano uma campanha de promoção de genéricos com vista a consolidar e sustentar o crescimento deste tipo de medicamentos. Nas acções estarão incluídas a criação de um gestor do medicamento genérico, uma maior facilitação na submissão de autorização de introdução no mercado e a criação de um indicador genéricos/outros medicamentos na avaliação de desempenho dos centros de saúde e consultas hospitalares.
 

 

Fonte: Lusa
 

MNI- Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.