Gene presente nos esquerdinos associado a Esquizofrenia

Trabalho apresentado na revista "Molecular Psychiatry"

17 agosto 2007
  |  Partilhar:

 

Um estudo da University of Oxford, Reino Unido, e publicado no jornal "Molecular Psychiatry", revela que os portadores de um gene relacionado com a probabilidade de se ser esquerdino, também está fortemente presente em pacientes com Esquizofrenia.
 

 

O gene lrrtm1 parece ter especial importância no controlo das partes do cérebro que coordenam funções específicas, como a fala ou as emoções. Se, no caso dos dextros, o lado esquerdo do cérebro controla o discurso e a linguagem, enquanto o lado direito coordena as emoções, já no caso dos canhotos estas funções invertem-se, alegadamente devido ao gene descoberto.
 

 

O estudo indica que quem possui o lrrtm1 é mais propenso a sofrer de esquizofrenia. Mas Clyde Francks, responsável pela investigação, além de admitir que o papel deste gene ainda não é totalmente conhecido, acrescenta que existem “muitos factores que tornam os indivíduos propensos a desenvolver esquizofrenia. Além disso, a maioria dos esquerdinos nunca chega a desenvolver qualquer problema”.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.