Gene aumenta risco de Cálculos Renais

Estudo publicado na revista "Hepatology"

16 julho 2007
  |  Partilhar:

 

Investigadores da Universidade de Bonn, na Alemanha, em conjunto com colegas da Roménia, descobriram que a mutação de um gene pode dobrar ou até triplicar o risco de desenvolver Cálculos Renais. A pesquisa foi publicada na revista científica "Hepatology".
 

 

Estima-se que um em cada dez europeus seja portador dessa mutação genética.
 

Os cientistas estudaram famílias onde o problema era recorrente para finalmente descobrirem que o responsável pelo problema era uma mutação no gene abcg8. Segundo os investigadores, esta informação genética poderá ser usada para tratar, de forma precoce, os portadores do gene mutado, evitando a necessidade de intervenção cirúrgica.
 

 

O gene em questão contém instruções para produzir uma espécie de “bomba molecular”, que transporta o colesterol, a matéria-prima dos cálculos, do fígado para os ductos biliares. Esta mutação genética parece aumentar a velocidade com que é feito este processo.
 

 

Os cálculos renais ou biliares muitas vezes não causam sintomas, mas em um quarto dos casos o paciente sente cólicas muito fortes e precisa de intervenção cirúrgica. Este problema é frequente em elementos da mesma família, o que indica haver um componente genético da doença.
 

 

No entanto, outras causas também podem estar associadas a este problema. "Pensamos que as influências ambientais, como uma má dieta, têm 80% da responsabilidade no problema, mas o resto vem dos genes", diz Tilman Sauerbruch, da Universidade de Bonn.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.