Gel ajuda na recuperação de lesões cerebrais

Estudo realizado na Clemson University

06 setembro 2009
  |  Partilhar:

Cientistas americanos desenvolveram um higrogel injectável que poderá ajudar na recuperação de uma lesão cerebral ao estimular o crescimento de células estaminais no cérebro. Esta descoberta foi apresentada durante uma conferência sobre investigação em saúde militar.

 

Na sequência de uma lesão cerebral, os tecidos tendem a inchar, provocando, desta forma, uma maior perda de células e agravando os danos causados pela lesão inicial. Os tratamentos convencionais, que incluem a diminuição da temperatura e o alívio da pressão exercida, têm por objectivo minimizar este tipo de danos secundários no local da lesão. No entanto, o seu impacto é muitas vezes limitado.

 

De forma a ultrapassar esta limitação, os investigadores da Clemson University, na Carolina do Sul, EUA, desenvolveram um hidrogel injectável, produzido a partir de matérias sintéticas e naturais, o qual foi injectado em lesões cerebrais de ratinhos em conjunto com células estaminais imaturas do cérebro.

 

Os investigadores constataram que, após oito semanas do início do tratamento, os ratinhos que sofriam de lesões cerebrais graves demonstraram sinais claros de recuperação.

 

Apesar destes resultados promissores, Ning Zhang, líder da investigação, alerta para o facto de estes testes ainda não terem sido realizados em humanos e refere ainda que é necessário progredir com a investigação antes que este método de regeneração dos tecidos após lesão cerebral traumática possa ser considerado como uma hipótese válida de tratamento.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.