Gaze feita de proteína promove cicatrização

Fibrogénio é nova esperança para tratar de feridas

17 março 2003
  |  Partilhar:

 

O fibrogénio é uma substância proteica elaborada no fígado que faz parte do plasma sanguíneo e é um dos factores da coagulação sanguínea, provocada por uma enzima chamada trombina. A partir do fibrogénio, o investigador Gary Bowlin da Virginia Commonwealth University, em Richmond, EUA, conseguiu fabricar uma gaze natural, que imita o tecido, e promove a cicatrização de uma ferida.
 

Quando uma pessoa se fere, uma enzima converte o fibrinogénio presente no sangue em uma rede de fibras insolúveis. Essa rede pára o sangramento e protege o ferimento de infecções.
 

 

Segundo Bowlin, a banda de fibrinogénio poderia parar o sangramento rapidamente e acelerar o processo de cicatrização, pois serviria de base para as células se multiplicarem. Isto porque, o corpo identifica as fibras para gradualmente absorvê-las.
 

 

Para fabricar a gaze, os cientistas extraíram a proteína do sangue e dissolveram-na num solvente orgânico. Com uma agulha hipodérmica electricamente carregada, o material é vaporizado sobre um tambor de aço em rotação.
 

 

À medida em que o material entra em contacto com o ar, o solvente evapora-se e as moléculas de fibrinogénio unem-se, formando fibras mil vezes mais finas que o fio de cabelo, muito similares às que são formadas naturalmente na coagulação. Nos tambores, essas fibras formam um «tecido» com cerca de um décimo de milímetro de espessura, o suficiente para ser usada sobre um ferimento. O estudo foi publicado na revista «Nano Letters».
 

 

Traduzido e adaptado por:
 

Paula Pedro Martins
 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.