Gatos com gene alterado para não causarem alergia

Felinos serão castrados para não se cruzarem

28 outubro 2004
  |  Partilhar:

Uma empresa de Los Angeles projecta criar gatos geneticamente modificados para não causarem alergia, um problema que afecta milhões de pessoas em todo o mundo.A Allerca Inc, de Los Angeles, anunciou hoje que em 2007 poderá, através de interferência no RNA, «silenciar» um gene dos gatos responsável pela proteína causadora da alergia e que é segregada pela saliva e a pele.Os investigadores que trabalham em áreas desde o cancro à agricultura recorrem cada vez mais à interferência no RNA para silenciar genes e assim criar medicamentos, instrumentos para procurar genes e até um novo método para descafeinar café.Segundo Simon Brodie, presidente da empresa, os alérgicos que têm gatos deixarão de precisar de injecções para reduzir os sintomas, e os que não têm poderão finalmente pensar em comprar um. Brodie espera poder vender anualmente 200 mil destes felinos, que terão de ser castrados para não se cruzarem com os gatos naturais.Confrontado com a possibilidade de o projecto não ter luz verde das autoridades, recordou existir como precedente um peixe de aquário, o GloFish, ao qual foi implantado um gene de anémona para brilhar e que foi autorizado por não se destinar ao consumo humano. «Claro que as coisas podem mudar», comentou. «Mas enquanto as pessoas não começarem a comer gatos e estes não entrarem na cadeia alimentar, o caso deverá ser tratado como o GloFish», defendeu.Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.