Futuro das hepatites em Portugal em discussão parlamentar

Projeto de Resolução sobre as Doenças Hepáticas

10 janeiro 2014
  |  Partilhar:

O dia 10 de janeiro foi eleito para apresentação, em Plenário, na Assembleia da República, do Projeto de Resolução sobre as Doenças Hepáticas.
 

Segundo dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), no período de 2006 a 2010, as doenças hepatobiliares, entre as quais se contam a cirrose hepática alcoólica, a cirrose por hepatite C, o cancro do fígado e a insuficiência hepática não especificada, constituíram a sétima causa de morte em Portugal.
 

O INE revela que as referidas doenças foram responsáveis, só no que se refere ao ano de 2010, por 2349 óbitos, o que corresponde a cerca de 2,3% do total de óbitos ocorridos nesse ano.
 

No decorrer deste plenário foram determinados cinco pontos para discussão na Assembleia da República (nos termos do n.º5 do artigo 166.º da Constituição da República Portuguesa).
 

Um primeiro ponto contempla a realização de campanhas e ações de sensibilização acerca dos malefícios advenientes do consumo de álcool.
 

Em segundo lugar debate-se a promoção, no âmbito do Serviço Nacional de Saúde, da equidade geográfica no acesso dos utentes à transplantação hepática, bem como aos medicamentos indicados e com eficácia ou efetividade documentada no tratamento da hepatite C.
 

Decidiu-se também discutir a criação de condições para a prestação de cuidados paliativos a doentes em situação incurável e progressiva devido a doença hepática avançada.
 

O quarto ponto da agenda trata da manutenção de uma Lista Nacional de Transplantes Hepáticos, contendo informação atualizada sobre a procura e a oferta de órgãos para transplantação.
 

Finalmente foi decidido discutir o reforço na formação em hepatologia e na disponibilidade de lugares para médicos com conhecimentos avançados em hepatologia.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.