Furacão Katrina: Doentes terão sido sujeitos a eutanásia

Detectives investigam morte de 45 pacientes no Memorial Medical Center

17 outubro 2005
  |  Partilhar:

 

Os detectives da Luisiana que investigam a morte de 45 doentes no Memorial Medical Center de Nova Orleães, EUA, durante a passagem do furacão Katrina, acreditam que alguns foram sujeitos a eutanásia. Frank Minyard, patologista do distrito de Orleães, diz que os detectives lhe falaram no caso "pensam que alguém andou a injectar pessoas com um medicamento letal".
 

 

A CNN contactou o administrador do hospital que disse não comentar a alegação de eutanásia. Também um outro médico que tinha estado na sala de triagem recusou falar.
 

 

Segundo o médico legista, o procurador geral pediu autópsias dos 45 mortos encontrados no hospital, mas devido ao estado em que os corpos se encontram, será muito difícil descobrir o que realmente aconteceu. No hospital estavam 312 pacientes, muitos em condição crítica.
 

 

Fonte: Diário de Notícias
 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.