Fundação Champalimaud lança doutoramento em Oncologia

Medida destina-se a colmatar falta de investigadores

13 abril 2008
  |  Partilhar:

A Fundação Champalimaud vai apoiar o lançamento de um programa de doutoramento para médicos que queiram especializar-se em Oncologia, por considerar que Portugal tem falta de investigadores nesta área.
 

 

No final de uma reunião de curadores da Fundação Champalimaud realizada na semana passada, a presidente Leonor Beleza anunciou que a instituição pretende financiar um programa de formação científica avançada em colaboração com o Instituto Gulbenkian de Ciência, que permitirá a médicos que tenham acabado a especialidade ou estejam neste momento a fazê-la concluir um doutoramento em Oncologia ou especialidades próximas relacionadas com o cancro.
 

 

Segundo Leonor Beleza, citada pela agência Lusa, além do Instituto Gulbenkian de Ciência, estes doutoramentos terão a colaboração, numa fase inicial, do Instituto de Patologia e Imunologia Molecular da Universidade do Porto (Ipatimup) e do Instituto Biologia Molecular de Lisboa.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.