Fumo passivo provoca mais abortos

Gravidez acaba por volta da sexta semana

12 maio 2004
  |  Partilhar:

Um terço das mulheres grávidas cujos parceiros fumam mais de um maço de tabaco por dia têm grandes probabilidades de sofrerem um aborto. Uma pesquisa divulgada na quarta-feira revela que geralmente a mulher acaba por abortar seis semanas depois de engravidar. Entre os casais cujo parceiro não fumava o risco de abortar era de um quinto. A pesquisa, realizada por investigadores norte-americanos e chineses, vem publicada no American Journal of Epidemiology. O estudo analisou 526 operárias recém casadas e concluiu que o facto de um parceiro ser fumador não tinha grandes efeitos na concepção. No entanto, os cientistas concluíram que o fumo passivo tinha um efeito negativo significativo se o homem continuasse a fumar 20 ou mais cigarros por dia durante a gravidez da companheira.Fonte: Diário Digital

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.