Fumar envelhece a pele

Estudo demonstra o porquê deste envelhecimento precoce.

25 março 2001
  |  Partilhar:

Os fumadores quando envelhecem normalmente aparentam uma idade superior à sua idade real. A razão por detrás esta aparência mais idosa é, principalmente, um maior número de rugas visíveis na pele.
 

 

Um grupo de cientistas da “King´s College” em Londres afirmam que uma enzima, a matriz-metaloproteinase 1 (MMP-1), apresenta níveis superiores na pele dos fumadores do que na pele dos não-fumadores. Esta proteína degrada o colagénio que confere a elasticidade e firmeza à pele. Para além da cirurgia estética não existe nenhuma outra forma de reverter este processo.
 

 

Este estudo, que foi publicado na revista “The Lancet” (vol.357; pág. 935-936), comparou a pele das nádegas de 14 fumadores e 19 não-fumadores com uma idade média de 30 anos. Surpreendentemente descobriu-se que os níveis de MMP-1 eram claramente superiores na grupo de pessoas com hábitos tabágicos.
 

 

“Os efeitos do tabaco nesta enzima foram descobertos por acaso” afirmou um dos autores, já que o objectivo inicial dos investigadores era avaliar os efeitos da luz artificial nos níveis de MMP-1 sabendo-se que a radiação ultra-violeta aumenta a produção desta enzima. Este facto justifica assim o recurso à pele das nádegas, menos expostas à luz solar, para a realização deste estudo comparativo entre fumadores e não-fumadores.
 

 

 

Fontes: Net Doktor e Reuters
 

 

Adaptado por:
 

David Ferreira
 

MNI - Médicos na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.