Fumar altera os nossos genes

Estudo publicado na revista “Human Molecular Genetics”

19 dezembro 2013
  |  Partilhar:

O tabaco altera vários genes que podem estar associados com os problemas de saúde dos fumadores, nomeadamente o aumento do risco de desenvolvimento de cancro e diabetes, revela um estudo publicado na revista “Human Molecular Genetics”.
 

Apesar de os genes serem herdados dos nossos pais ao nascimento, mais tarde o material genético pode ser alterado através de modificações epigenéticas, ou seja alterações químicas no ADN que afetam a atividade dos genes. Estas alterações são habitualmente causadas pelo envelhecimento, mas também podem ser resultantes dos fatores ambientais e estilo de vida adotado.
 

Neste estudo, os investigadores da Universidade de Uppsala, na Suécia, analisaram o modo como os genes são alterados nos não fumadores e fumadores, tendo identificado um elevado número de genes que estão alterados nestes últimos indivíduos.
 

De acordo com a líder do estudo, Åsa Johansson, estes resultados sugerem que as alterações epigenéticas não são causadas pelas substâncias presentes no tabaco, mas sim pelas centenas de compostos diferentes que são formados quando o tabaco é queimado.
 

O comunicado de imprensa da mesma Universidade refere que já tinha sido previamente demonstrado que os fumadores apresentam um risco aumentado de desenvolver diabetes e vários tipos de cancro, tendo uma capacidade imunológica diminuída e espermatozoides de baixa qualidade.
 

Os resultados deste estudo demonstraram também que os genes que aumentam o risco de cancro e diabetes, que são importantes para a resposta imunológica ou qualidade dos espermatozoides são afetados pelo tabaco.
 

De acordo com a investigadora, este estudo indica que o aumento do risco de doença associado ao tabagismo é em parte causado pelas alterações epigenéticas. Um melhor conhecimento dos mecanismos moleculares responsáveis pelas doenças e pela redução da função imune poderá conduzir no futuro ao desenvolvimento de fármacos e terapias mais eficazes.
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 3
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.