Fumadores de cannabis correm mais riscos de osteoporose

Erva debilita metabolismo dos ossos

02 junho 2005
  |  Partilhar:

 

 

 

As pessoas que fumam cannabis em excesso correm mais riscos de sofrer de osteoporose, segundo um estudo de cientistas britânicos publicado pela revista Nature Medicine.
 

 

O trabalho revela que as substâncias químicas do cannabis afectam moléculas situadas na superfície das células ósseas. Para o coordenador da investigação, Stuart Ralston, a descoberta é importante por demonstrar que a droga afecta tanto o sistema nervoso como o metabolismo dos ossos.
 

 

O estudo mostra como as substâncias naturais do cannabis afectam o modo como os «receptores» das células ósseas regulam a densidade dos ossos e o seu movimento.
 

 

A descoberta dos efeitos que a droga produz abre caminho ao estudo de novos métodos para o tratamento da osteoporose. Nesse sentido, Ralston, um dos melhores especialistas em osteoporose do Reino Unido, sublinhou a necessidade de se continuar a investigar os efeitos do cannabis sobre os ossos.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.