Fumadoras têm mais probabilidade de ter Acne

Estudo publicado no “British Journal of Dermatology”

26 setembro 2007
  |  Partilhar:

 

Mulheres fumadoras têm mais probabilidades de desenvolver um tipo específico de Acne em comparação com as não-fumadoras, revela um estudo publicado no “British Journal of Dermatology”.
 

 

O estudo, realizado pela Universidade de San Gallicano, Itália, descobriu que mulheres que fumam têm uma maior probabilidade de apresentar Acne Não-Inflamatória, caracterizada pelo entupimento dos poros, pontos com massas esbranquiçadas e pequenos quistos.
 

 

A pesquisa analisou mil mulheres e percebeu que, entre as fumadoras, 42,2% desenvolveram Acne, enquanto apenas 10% entre as não-fumadoras apresentaram o mesmo problema.
 

 

Os investigadores acreditam que as descobertas levam a considerar a Acne Não-Inflamatória como "uma nova entidade entre as inflamações cutâneas causadas pelo cigarro".
 

 

O estudo também observou que as fumadoras que tiveram Acne na adolescência têm quatro vezes mais probabilidade de sofrer do problema do que as não-fumadoras que apresentaram o mesmo problema na adolescência.
 

 

A relação entre Acne e o cigarro é, no entanto, controversa, já que outros factores também podem contribuir para o aparecimento da inflamação, como alterações hormonais, stress, além de factores relacionados ao meio ambiente.
 

 

Os cientistas observaram que entre as não-fumadoras que sofriam de Acne, metade teria a pele exposta ao fumo intenso ou ao vapor em locais como a cozinha.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.