Fumadoras demoram o dobro do tempo a engravidar

Estudo francês avalia 1.200 mulheres

11 agosto 2006
  |  Partilhar:

 

As mulheres fumadoras demoram duas vezes mais tempo a engravidar do que as que não fumam, indicam as conclusões preliminares de um estudo a decorrer no Institut National de la Santé et de la Recherche Médicale (INSERM).
 

 

Denominado "Observatório da Fertilidade em França", o projecto-piloto do trabalho consistiu em seguir um grupo de 1.200 mulheres dos 18 aos 44 anos e os seus companheiros, em particular 69 delas consideradas "em gravidez iminente", ou seja que tentam ficar grávidas num determinado momento. Os investigadores concluíram que o "tempo necessário para obter uma gravidez era o dobro entre os casais fumadores", em comparação com os casais em que a mulher não fumava no momento em que estava a tentar engravidar.
 

 

De acordo com os investigadores, os efeitos do tabaco são reversíveis se as mulheres que pretendem engravidar deixarem de fumar. Os efeitos nocivos do tabaco também se fazem sentir nos homens, já que o tabaco diminui a qualidade e a mobilidade dos espermatozóides, segundo os resultados preliminares do estudo.
 

 

O estudo sobre a fertilidade, que o instituto está a conduzir desde há vários anos, deverá ficar concluído no próximo ano a partir de elementos conseguidos na fase piloto sobre uma mostra recolhida em 20 mil famílias. Os cientistas esperam também constatar outros factores ambientais relacionados com a deterioração da saúde reprodutiva humana nas últimas décadas.
 

 

Fontes: Lusa e Imprensa Internacional
 

MNI- Médicos na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.