Fumadoras adolescentes aumentam 70 por cento risco de cancro da mama

Cinco primeiros anos após a menstruação são determinantes

06 outubro 2002
  |  Partilhar:

As adolescentes que fumam nos cinco anos seguintes à primeira menstruação aumentam em 70 por cento o risco de desenvolver cancro da mama, indica um estudo realizado por investigadores canadianos.
 

 

A teoria destes investigadores é que as células que formam os seios se desenvolvem tão rapidamente durante a puberdade que são mais susceptíveis de serem danificadas pelos produtos cancerígenos do tabaco.
 

 

Nhu Le, um investigador da Agência contra o Cancro da Colômbia britânica, afirmou que "nunca é um bom momento para começar a fumar mas, para as mulheres, os cinco anos depois da sua primeira menstruação são os mais perigosos".
 

 

Um dos autores do estudo, o oncologista Pierre Band, explicou que, mesmo que as jovens deixem de fumar quando têm 20 anos, o desenvolvimento da doença pode ser inevitável.
 

 

Os autores da investigação seguiram o desenvolvimento de 381 mulheres antes de terem a menopausa e de 700 que já a tinham experimentado, e que estavam a ser tratadas por cancro da mama.
 

 

Os investigadores descobriram que as mulheres que tinham começado a fumar regularmente nos cinco anos posteriores ao início das suas menstruações tinham 70 por cento mais riscos de desenvolver cancro da mama antes dos 50 anos do que as não fumadoras.
 

 

Em 2001, cerca de 24 por cento das adolescentes canadianas reconheceram que fumavam, contra 21 por cento dos rapazes.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.