Frutos secos de casca rija diminuem risco de várias doenças

Estudo publicado no “BMC Medicine”

07 dezembro 2016
  |  Partilhar:
Os indivíduos que consomem diariamente pelo menos 20 g de frutos secos de casca rija têm um menor risco de doença cardíaca, cancro e outras doenças, sugere um estudo publicado no “BMC Medicine”.
 
Os investigadores do Imperial College London, no Reino Unido, e da Universidade de Ciências e Tecnologia Norueguesa, na Noruega, analisaram 29 estudos realizados em todo o mundo que envolveram 819.000 participantes, incluindo mais de 12.000 casos de doença arterial coronária, 9.000 de casos de acidente vascular cerebral, 18.000 casos de doença cardiovascular e cancro e mais de 85.000 mortes. 
 
Com base na análise destes estudos, os investigadores constataram que o consumo diário de 20 g de frutos secos de casca rija, o equivalente a uma mão cheia, diminuía o risco de doença arterial coronária em cerca de 30%, o risco de cancro em 15% e o risco de morte prematura em 22%.
 
Os investigadores também verificaram que o consumo diário de 20 g de frutos secos de casca rija reduzia em cerca de metade o risco de morte por doença respiratória e a diabetes em cerca de 40%. Contudo, os cientistas referiram que existem menos dados sobre a relação destas doenças e o consumo de frutos secos de casca rija.
 
Embora as populações estudadas apresentassem  algumas variações, nomeadamente incluíam indivíduos que viviam em diferentes regiões ou com diferentes fatores de risco, os investigadores descobriram que o consumo de frutos secos de casca rija estava associado a uma redução do risco de doença na maioria das populações.
 
O estudo incluiu todos os tipos de frutos secos de casca rija, como avelãs e nozes, e também amendoim, uma leguminosa. O investigador explicou que o que torna os frutos secos de casca rija tão benéficos é o seu valor nutricional. Os frutos secos de casca rija e os amendoins são ricos em fibra, magnésio e gorduras polinsaturadas, nutrientes que diminuem o risco de doenças cardiovascular e que podem reduzir os níveis de colesterol.
 
Alguns frutos secos de casca rija, particularmente as nozes e as nozes de pecan também são ricas em antioxidantes, que podem combater o stress oxidativo e possivelmente reduzir o risco de cancro. Apesar dos frutos secos de casca rija terem uma elevada quantidade de gordura, também são ricos em fibras e proteínas. Alguns estudos sugerem que estes frutos podem realmente reduzir o risco de obesidade ao longo do tempo.
 
ALERT Life Sciences Computing, S.A.
Partilhar:
Comentários 0 Comentar