Frutos secos de casca rija diminuem risco de doenças cardiovasculares

Estudo publicado no “American Journal of Clinical Nutrition”

24 novembro 2015
  |  Partilhar:
O consumo de frutos secos de casca rija, como as nozes, pode diminuir o risco de doenças cardiovasculares, refere um estudo publicado no “American Journal of Clinical Nutrition”.
 
Para o estudo os investigadores da Organização de Investigação de Ciências da Vida, nos EUA, fizeram uma revisão sistemática de 61 ensaios clínicos controlados, que incluíram um total de 2.582 indivíduos. A quantidade de frutos secos de casca rija consumida variava entre cinco a 100 g/dia e a maioria dos participantes seguia a sua dieta habitual.
 
O estudo apurou que, o consumo de frutos secos de casca rija diminuía o colesterol total, níveis de triglicerídeos, colesterol LDL (mau colesterol) e a ApoB, a proteína primária encontrada no colesterol LDL. Estes são fatores chave que são utilizados para avaliar o risco que um indivíduo tem de doença cardiovascular. 
 
“Os nossos resultados apoiam a crescente informação de que os frutos secos de casca rija, como as nozes, podem reduzir o risco de doenças cardiovasculares. Os frutos secos de casca rija contêm nutrientes importantes, como gorduras insaturadas, proteínas, vitaminas e minerais. As nozes são o único fruto de casca rija que fornece uma quantidade significativa de ácido alfa-linolénico (ALA), a forma de base vegetal de ómega-3”, explicou, em comunicado de imprensa, um dos autores do estudo, Michael Falk.
 
Para além de terem verificado que os frutos secos de casca rija diminuíam os níveis de colesterol total, triglicerídeos e colesterol LDL e a ApoB, os investigadores constataram que o consumo de pelo menos 57 gramas por dia destes frutos tinha efeitos mais marcados nos níveis de colesterol total e colesterol LDL. Adicionalmente, os resultados sugeriram que o consumo de frutos secos de casca rija era particularmente importante para diminuir o risco de doença cardíaca em indivíduos com diabetes tipo 2.
 
Ao longo de mais duas décadas de investigação, a comunidade científica tem demonstrado que o consumo de frutos secos de casca rija pode ajudar a diminuir os fatores de risco cardiovascular através da diminuição dos níveis de colesterol LDL em cerca de 9-16%, da pressão arterial sistólica em cerca de 2 a 3 mmHg, assim como o colesterol total. Adicionalmente, a ingestão destes frutos também tem sido associada ao aumento dos níveis de colesterol HDL, diminuição da inflamação medida através da proteína C reativa e uma melhor função arterial.
 
Estes fatores são os que contribuem mais para o risco de doença cardíaca, sendo por isso a sua redução importante para ter um coração mais saudável. Para além de fornecerem ácidos gordos ómega-3, as nozes também são uma fonte de fibras e de proteínas.
 
ALERT Life Sciences Computing, S.A. 
Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.