Fruta dá saúde aos pulmões

Vitamina C e magnésio ajudam a manter órgão saudável

02 junho 2002
  |  Partilhar:

Duas frutas por dia podem afastá-lo de doenças pulmonares. A afirmação pode parecer-lhe vaga, mas, segundo os resultados de uma investigação britânica, as frutas ricas em vitamina C e magnésio ajudam a manter os pulmões saudáveis.
 

 

No estudo, os investigadores confirmaram que os voluntários que consumiam, pelo menos, duas frutas por dia apresentavam menos problemas respiratórios.
 

Pela primeira vez, o estudo também sugeriu que as pessoas que ingerem altas doses de vitamina C demonstram um menor declínio das funções pulmonares a longo do tempo.
 

 

Por isso, adiantam os cientistas, uma dieta saudável contendo grandes quantidades de alimentos ricos em vitamina C pode reduzir, ao longo dos anos, os riscos de desenvolvimento de doenças obstrutivas crónicas dos pulmões, segundo o estudo, publicado no American Journal of Respiratory and Critical Care Medicine.
 

 

Combater a asma
 

 

Existem fortes indícios de que a vitamina C, bem como outras vitaminas antioxidantes, além dos minerais, podem estar relacionadas com a asma e as doenças crónicas obstrutivas, como enfisema e bronquite.
 

 

No entanto, ainda não se sabe ao certo de que forma os antioxidantes mantêm os pulmões saudáveis. No momento, os cientistas apenas têm conhecimento de que essas substâncias neutralizam a acção dos radicais livres, partículas que contribuem para o envelhecimento e desenvolvimento de doenças.
 

 

Há alguns meses, a equipa de estudo, liderada por Tricia M. McKeever da Universidade de Nottingham, já tinha revelado as conclusões de um estudo anterior -elaborado com mais de 2600 adultos - que altas doses de vitamina C e magnésio contribuem para ter os pulmões saudáveis.
 

 

Esta investigação veio reforçar os resultados da anterior. Nesta, os investigadores utilizaram um teste de medição da função pulmonar, denominado expiração forçada volume 1. Nove anos depois, o grupo de voluntários em análise foi reduzido a pouco mais de metade dos participantes, mas as medições realizadas confirmaram a previsão feita.
 

 

«A alta ingestão de vitamina C e magnésio está associada a altos níveis de função pulmonar», confirmou McKeever. E acrescentou: «Durante um período de nove anos, aqueles que ingeriram maiores doses de vitamina C apresentaram um declínio menos grave da função pulmonar do que aqueles os que tomaram doses menores».
 

 

Por isso, segundo a especialista, «uma dieta rica em alimentos que fornecem esses nutrientes parece ser benéfica para a saúde dos pulmões». McKeever recomenda a ingestão de vitamina C e de outros nutrientes que estimulem a função pulmonar através de uma dieta equilibrada que contenha as quantidades necessárias de frutas e vegetais. Nos Estados Unidos, a recomendação é de duas a quatro frutas e três a cinco porções de vegetais por dia.
 

 

O estudo não mostrou nenhum efeito do magnésio, das vitaminas E e A no declínio da função pulmonar ao longo do tempo.
 

 

Uma importante área de investigação para o futuro, segundo destacaram os autores, será ver a que altura é que começam a surgir no organismo os efeitos da vitamina C e de outros nutrientes, assim como verificar se as mudanças na dieta podem melhorar a função pulmonar, caso o órgão já tenha começado a apresentar sinais de declínio.
 

 

Paula Pedro Martins
 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 3
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.