Franceses são aconselhados a não sobrecarregar hospitais

Apelo da Organização Mundial de Saúde

15 maio 2013
  |  Partilhar:

A Organização Mundial de Saúde (OMS) apela aos franceses no sentido de não sobrecarregarem os hospitais, apesar do registo em França de dois casos de coronavírus.
 

Antes de se dirigirem a um hospital, “os franceses (…) devem questionar se estiveram em contacto com outras pessoas que estiveram em regiões afetadas”, disse à AFP o porta-voz da OMS Gregory Hartl.
 

“Não queremos que o sistema de saúde seja sobrecarregado”, acrescentou, sublinhando que “é muito fraca a possibilidade de alguém ficar doente” em França, dado o número de casos.
 

A notícia avançada pela agência Lusa refere que, no total, existem 34 casos confirmados no mundo, dos quais dois em França, que tenham sido notificados à OMS, desde setembro de 2012. Daqueles 34 casos, 18 resultaram na morte da pessoa.
 

A OMS ainda não tem dados suficientes para determinar qual a fonte e o modo de transmissão do coronavírus. Hartl explicou que vários estudos estão a ser feitos para procurar perceber o mistério deste novo vírus.
 

“Mas não os conhecemos todos, porque não estamos lá para dar ordens e controlar. Não é assim que a OMS funciona”, disse.
 

Mas, realçou, o tema vai ser discutido pelos técnicos e os governantes durante a próxima assembleia mundial da OMS, que começa em 20 de maio, em Genebra.
 

“Não temos casos de transmissão registados dentro de comunidades. Temos apenas registados casos de transmissão entre humanos que tiveram entre si um contacto muito, muito próximo”, indicou Hartl.
 

Há 10 anos, a pandemia da Síndroma Respiratória Aguda Severa (SRAS), iniciada na China, causou a morte a mais de 800 pessoas e suscitou a inquietação em todo o mundo.
 

O novo vírus é contudo diferente do SRAS, uma vez que provoca uma insuficiência renal rápida. Os casos de infeção por este novo coronavírus foram detetados na Arábia Saudita, na Jordânia, no Reino Unido, na Alemanha e em França.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.