França: Casal de “vegans” acusado de desnutrição e morte de um filho

Pena pode ir até 30 anos de prisão

04 abril 2011
  |  Partilhar:

Um casal francês de vegans - que excluem da dieta todo o tipo de proteínas de origem animal - está a ser acusado pela morte da sua filha de 11 meses, devido a deficiências nutricionais, noticia o jornal “Daily Mail”.

 

O casal, Sergine Le Moaligou e Joël, pode ser condenado a 30 anos de prisão por privação de alimentos e de cuidados que teriam conduzido à morte da sua filha Louise em Março de 2008. Apesar de ter quase um ano de idade, a criança era alimentada apenas com leite materno, pesava 5,7 kg no momento da sua morte quando um bebé saudável da mesma idade deveria pesar cerca de 8 kg. A criança morreu em casa, na localidade de Saint-Maulvis, nos arredores da cidade de Amiens, no norte de França.

 

O casal telefonou para os serviços de emergência Março 2008 queixando-se que a bebé apresentava sintomas de desatenção. A autópsia ao corpo revelou carências de vitaminas A e B12. Segundo os especialistas, essa deficiência nutricional aumenta o risco de contrair infecções. De acordo com os dados da autópsia, a criança teria morrido de uma doença relacionada à pneumonia. O casal tem outra filha, de 13 anos, que não teria sofrido o mesmo tipo de carência alimentar nos primeiros anos de vida.

 

Citado pelo mesmo jornal, o advogado da mãe, Stéphane Daquo, disse que o casal decidiu seguir o veganismo no início dos anos 2000, depois de terem assistido a um programa na televisão sobre o transporte de animais para os matadouros.

 

Ainda de acordo com o advogado, o casal também não confiava na medicina tradicional e preferia tratar as suas filhas com base em informações pesquisadas nos livros. "Quando a bebé tinha nove meses e sofria de bronquite e de perda de peso, eles não seguiram o conselho do médico, que tinha aconselhado a sua hospitalização; preferiram utilizar receitas à base de cataplasma de argila e de couve que viram em livros", disse Daquo.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.