França: Bactéria fecal em hambúrgueres causa 17 intoxicações

Marca retirada dos supermercados portugueses

02 novembro 2005
  |  Partilhar:

 

Uma bactéria que tem origem nas fezes humanas ou de animais causou 17 casos de intoxicação, sendo dez em crianças, registadas pelas autoridades sanitárias francesas após o consumo de um lote de hambúrgueres congelados.
 

O fabricante dos hambúrgueres Soviba declarou à rede de televisão France 2 que a bactéria causadora da infecção foi identificada, embora não tenha determinado se foi um animal ou uma pessoa que contaminou a cadeia de produção da fábrica em Angers.
 

 

O Instituto Nacional de Vigilância Sanitária (INVS, em francês) indicou que, entre os intoxicados, há dez crianças infectadas pela Síndrome Hemolítico e Urémico. Outras sete pessoas (sendo seis crianças) apresentam diarreias com sangue.
 

 

Todos os afectados são do departamento (estado) de Las Landas. Os produtos dos três lotes infectados foram comercializados em lojas de mais de dez departamentos em todo o sudoeste da França. Um responsável em Portugal pelo grupo Leclerc, Pedro Páscoa, confirmou à imprensa que os supermercados no país comercializam hambúrgueres e almôndegas dessa marca e assegurou que "por precaução" todos os lotes foram retirados e que os clientes já foram contactados no sentido de devolverem o produto.
 

 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.