Fotografias de lesões da pele reduzem lista de espera para consulta

Reportagem publicada no “Jornal de Notícias”

08 setembro 2010
  |  Partilhar:

Para combater a lista de espera para a consulta de dermatologia no Centro Hospitalar de Gaia, os médicos de família estão a fotografar as lesões dos doentes para ouvir a opinião do especialista e evitar idas inúteis ao hospital. As imagens são captadas pelo médico de clínica geral e familiar e enviadas, via e-mail, para o Serviço de Dermatologia do Centro Hospitalar de Gaia.

 

Numa reportagem difundida esta semana na edição online do “Jornal de Notícias”, os especialistas contactados pela publicação asseguram conseguir, deste modo, “reduzir 20% dos doentes que seriam encaminhados para o hospital sem ser necessário”.

 

A funcionar há 11 meses, o novo método de referenciação do doente por via telemática já encaminhou 118 doentes. Outros 27 foram aconselhados a fazer tratamento sem deslocação ao hospital, permitindo reduzir a lista de espera da especialidade.

 

Por agora, o sistema está a funcionar na Unidade de Saúde Familiar (USF) de Além D’Ouro (Sandim), na USF da Boa Nova (Arcozelo), nos centros de saúde de Canidelo e da Madalena, mas a ideia é estender este sistema a todas as unidades até finais de Outubro.

 

A Administração Regional de Saúde do Norte (ARSN) considera importante alargar o conceito a outros hospitais e manifesta abertura para comprar as máquinas e ajudar na formação dos profissionais. 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.