FNAM satisfeita com adesão dos médicos à greve
13 junho 2001
  |  Partilhar:

O presidente da Federação Nacional dos Médicos(FNAM), Cílio Correia, expressou a sua satisfação com os resultados da greve de três dias marcada pela associação e que ontem terminou.
 

 

De acordo com Cílio Correia, no último dia de greve registou-se uma adesão superior às verificadas segunda e terça-feira, com a margem a fixar-se "no intervalo 55-60 %, contra os 50-60%" dos dias anteriores.
 

 

Acusando Manuela Arcanjo de "não ter vontade política para pôr os acordos no terreno", o presidente da FNAM defendeu que a estrutura que dirige conseguiu introduzir "a questão da discussão dos contratos individuais de trabalho versus as carreiras médicas" e que a apresentação pelo governo do Orçamento rectificativo veio dar razão às críticas sobre o "descalabro financeiro na Saúde".
 

 

Na sequência dos três dias de greve, a FNAM convocou um conselho nacional para dia 23, em Coimbra, durante o qual serão analisados os efeitos da jornada e eventuais formas de luta.
 

 

Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.