Filhos de pais separados têm mais insucesso na escola
05 maio 2002
  |  Partilhar:

Os filhos de pais separados têm mais insucesso na escola, noticiou o Público no domingo. Esta é uma das conclusões de um estudo realizado pelo Instituto Nacional de Estudos Demográficos (INED) francês, que quantificou as diferenças que se estabelecem entre o rendimento dos filhos de pais separados e o das crianças que ainda vivem com o pai e com a mãe.
 

 

O estudo, intitulado "Separação e divórcio: que consequências no sucesso escolar das crianças?", foi coordenado pelo demógrafo Paul Archambault e apresentado no jornal francês Le Monde.
 

 

De acordo com o demógrafo, qualquer que seja a origem social e cultural das famílias, «a separação dos pais antes da maioridade reduz, em média, a duração dos estudos dos filhos entre seis meses a mais do que um ano». Nas classes mais populares, o divórcio ou a separação dos pais reduz as hipóteses de as crianças obterem o ensino secundário, enquanto que nos meios mais favorecidos são os estudos superiores os mais afectados.
 

 

Nas famílias de origem mais modesta, a taxa de obtenção do diploma do secundário ou de estudos superiores baixa de 53 para 30% nos casos de separação. Os filhos de operários, por exemplo, têm 50 % de hipóteses de deixar o sistema escolar sem nenhum diploma quando os pais estão separados, um número que desce para os 37% quando os progenitores permanecem juntos.
 

 

Fontes:Público e Le Monde
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.