Filhos de pais consanguíneos têm maior esperança de vida

Estudo publicado na revista “New Scientist”

17 março 2008
  |  Partilhar:

Um estudo conduzido por investigadores italianos sugere que filhos de pais da mesma família têm maior esperança de vida.
 

 

O estudo, realizado por especialistas da Universidade da Calábria, Itália, analisou dados do censo para identificar uma pequena região isolada no sul da Itália onde grande parcela da população masculina tinha mais de 90 anos.
 

 

O estudo, publicado na revista “New Scientist”, afirma que todo indivíduo tem duas cópias do mesmo gene, geralmente distintas. Porém, no caso de uma comunidade em que há procriação entre parentes, essas cópias podem ser idênticas. "Como certos genes podem influenciar na esperança de vida, quando se tem dois deles idênticos (homozigotose), esse efeito pode ser duplicado", explicou o coordenador da pesquisa, Giuseppe Passarino.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.