Fibrose quística: crianças deveriam estar isentas de taxas moderadoras

Apelo da Associação Portuguesa de Fibrose Quística

07 dezembro 2012
  |  Partilhar:

As crianças com mais de 11 anos de idade que sofram de fibrose quística, uma doença genética, crónica e de evolução progressiva deveriam estar isentas de taxas moderadoras, apelou a Associação Portuguesa de Fibrose Quística (APFQ).
 

“Pedimos ao Governo para que permita manter a isenção da taxa moderadora das crianças com mais de 11 anos, que desde 1985 estavam isentas”, revelou à agência Lusa o presidente da APFQ, Amândio Ferreira.
 

Segundo Amândio Ferreira, as crianças até aos 11 anos estão isentas de taxas moderadoras, mas com a nova lei passam a pagar taxa moderadora quando chegam aos 11 anos de idade.
 

Esta situação é “terrível”, porque uma criança numa urgência, em apenas uma tarde, pode precisar de pagar entre “250 e 400 euros de taxas moderadoras, porque têm muitos exames a fazer”.
 

De acordo com Amândio Ferreira, Portugal vai registar uma situação complicada em março/abril do próximo ano, porque existem cerca de 150 crianças que estão entre os 10 anos e meio e os 11 anos nessa altura.
 

Atualmente quem está isento de taxas moderadoras são as crianças até aos 11 anos de idade, transplantados e os doentes de fibrose quística com uma incapacidade de 60%.
 

A APFQ alerta também para a racionalização que as farmácias estão a impor aos doentes. “Está a haver racionalização de medicação nas farmácias que só estão a dar medicamentos para um mês aos doentes”, denuncia Amândio Ferreira, acrescentando que, por vezes, não há mesmo medicação nas farmácias.
 

Em Portugal há 280 pessoas diagnosticadas com fibrose quística, uma doença hereditária que afeta principalmente a zona do pâncreas, pulmões e área intestinal. Nos doentes com 14/15 anos começam a surgir problemas de osteoporose e diabetes.
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 5
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.