Fibras de coágulos esticam mais que qualquer outra fibra natural

Trabalho publicado na Science

09 outubro 2006
  |  Partilhar:

 

As fibras que compõem os coágulos são mais resistentes do que os médicos suspeitavam: são mais elásticas que os elásticos normais usados no escritório e esticam mais do que as teias de aranha. O estudo foi apresentado na revista Science.
 

 

Entender o quanto as fibras que compõem os coágulos podem ser esticadas antes de se partirem deve apontar para melhores maneiras de eliminar os coágulos, sempre que seja necessário.
 

 

Feitas de uma proteína chamada fibrina, as fibras esticam mais do que qualquer outra que ocorre naturalmente, até mesmo as teias de aranha, concluíram os investigadores que mediram a resistência dos pequenos filamentos - mil vezes menores que um fio de cabelo humano.
 

 

Os coágulos são uma rede de fibras de fibrina aliadas às plaquetas.
 

 

Segundo a co-autora do estudo, Susan Lord, professora de Patologia na University of North Carolina em Chapel Hill, EUA, a descoberta dá um grande passo para explicar as "duas faces" dos coágulos: que são necessários para cicatrizar feridas, evitar hemorragias e começar o processo de cura; mas que, por outro lado, também podem bloquear as artérias essenciais e causar AVC, Ataque Cardíaco ou Embolia Pulmonar.
 

 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.