Fibra do camarão combate obesidade

Cientista brasileiro responsável pela investigação

17 outubro 2004
  |  Partilhar:

Uma fibra retirada da cabeça do camarão e da lagosta – a quitosona_ pode ajudar a combater a obesidade. A descoberta da quitosana esteve a cabo da equipa liderada pelo investigador brasileiro, Afrânio Aragão Craveiro, da Universidade Federal do Ceará é considerada pela comunidade científica como uma grande descoberta. Isto porque, segundo declarações do cientista à imprensa brasileira, pode ser utilizada num grande número de aplicações, além do controle da obesidade. Em alguns países, nomeadamente no Brasil, a quitosona é comercializada como um redutor de peso. «Utiliza-se a quitosana pelo facto de ter afinidade com a gordura, e eliminar as gorduras armazenadas no organismo», explica o cientista. Fora do Brasil, a quitosana é extremamente utilizada na Ásia, Japão, China, Coreia e Estados Unidos. Craveiro conta que, além de eliminar gordura, ela também tem propriedades impressionantes, algumas delas continuam a ser investigadas no Brasil. «Fabricamos células foto-voltaicas nas quais a quitosana entra como suporte. Também estamos a utilizar bandas anti-hemorrágicas com  quitosana. Mas também se pode fazer purificação, em mares contaminados com o petróleo, utilizando a quitosana. Ela tem umas centenas de aplicações». No momento, o investigador procura decifrar os segredos da casca da soja. «Temos vários projectos em vista, e um deles, que eu consideraria muito importante, seria a produção do penitol ou dequiro inositol, que é uma substância abundante na casca da soja». O penitol tem vindo a ser utilizado mundialmente para o controlo da diabetes. «É uma droga realmente nova, extremamente cara, e esse é o projecto a que estamos a dedicar maior atenção neste momento». Traduzido e adaptado por:Paula Pedro MartinsJornalistaMNI-Médicos Na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.