Febre tifóide em Ponte de Lima

Uma das pessoas internadas com prognóstico muito reservado

20 setembro 2004
  |  Partilhar:

Cinco pessoas de Seara, Ponte de Lima, continuam internadas com suspeitas de terem contraído leptospirose ou febre tifóide, uma das quais com prognóstico «muitíssimo reservado», disse ontem à Lusa fonte hospitalar.Quatro dos cinco indivíduos, todos familiares, estão internados no Centro Hospitalar do Alto Minho, em Viana do Castelo, um dos quais, um homem de 78 anos, «evoluiu de forma muito desfavorável durante a noite, entrou em estado de choque súbito e tem prognóstico muitíssimo reservado», de acordo com a mesma fonte.Entre os doentes internados em Viana do Castelo estão dois bebés, de seis e 13 meses, que estão bem mas mantém-se sob observação. Uma mulher de 48 anos está internada no hospital São João, no Porto, ainda com febre, mas em situação estável. A Lusa apurou que os doentes são familiares e vizinhos. Duas mulheres da freguesia da Seara, uma com 57 anos e outra com 70, morreram este mês, depois de terem sido atacadas por febre e dores de cabeça.As autoridades sanitárias desconhecem ainda a causa da infecção, considerando como hipóteses mais prováveis lectospirose, transmitida pela urina dos ratos, e febre tifóide.Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.