Febre Chikungunya em Itália

DGS emite nota de alerta

11 setembro 2007
  |  Partilhar:

 

A Direcção-Geral de Saúde (DGS) divulgou segunda-feira um alerta europeu sobre uma doença transmitida por um mosquito que tem vindo a ser detectada em Itália. Desde o dia 4 de Julho que foram registados 151 casos de febre Chikungunya em Ravena, no nordeste de Itália, número que motivou o alerta europeu.
 

 

A confirmarem-se os estudos, que agora estão a ser realizados, esta é a primeira vez que a transmissão do vírus Chikungunya pelo mosquito se faz na Europa. Além da Itália, este ano verificaram-se surtos deste vírus no Gabão, Indonésia, Madagáscar e Índia.
 

 

O alerta da DGS refere que os principais sintomas são febre, dores articulares, musculares e dores de cabeça, erupção avermelhada da pele e perturbações gastrointestinais. Nas crianças podem ocorrer pequenas hemorragias nasais ou gengivais.
 

 

Segundo a nota, se 12 dias após o regresso apresentarem algum sintoma febril e dores articulares inexplicáveis devem procurar ajuda médica. Na maioria dos casos os doentes recuperam sem consequências.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.