Fármaco experimental reduz reincidência de Esclerose Múltipla

Estudo publicado na revista "European Journal of Neurology"

11 agosto 2008
  |  Partilhar:

O acetato de glatiramer, um fármaco experimental desenvolvido pela Teva Pharmaceutical Industries Inc., reduziu as taxas de reincidência em pacientes com Esclerose Múltipla que não responderam ao interferão como tratamento de primeira linha, aponta um estudo publicado na revista "European Journal of Neurology".
 

 

O estudo de três anos envolveu 114 pacientes com esclerose múltipla por recaídas e que estavam a receber terapia imunomodulatória de primeira linha. Em pacientes que tiveram uma resposta inadequada à terapia imunomodulatória, as descobertas demonstraram que os que mudaram do interferão para o fármaco experimental apresentaram uma redução de 77% nas taxas de reincidência. O estudo refere que os pacientes que mudaram para o fármaco experimental não experimentaram uma progressão significativa da sua incapacidade.
 

 

No período do estudo, a proporção de pacientes que não apresentaram uma reincidência aumentou de 16 para 68%.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.