Fármaco anti-tabaco pode tratar Alcoolismo

Estudo apresentado na PNAS

10 julho 2007
  |  Partilhar:

 

Um fármaco anti-tabaco também poderá ser útil na luta contra o alcoolismo, segundo um novo estudo realizado por investigadores da University of San Francisco, na Califórnia, e publicado na última edição da revista Proceedings for the National Academy of Sciences (PNAS).
 

 

O medicamento, cujo princípio activo é a vareniclina, fabricado pela Pfizer foi aprovado nos EUA e na Europa em 2006.
 

 

Esta substância demonstrou as suas capacidades de reduzir o consumo de nicotina, ao agir sobre os receptores do cérebro que libertam a dopamina (neurotransmissor).
 

 

A equipa de investigação, ao notar que os cigarros e o álcool são frequentemente consumidos em conjunto, quis saber se o fármaco também agia sobre a bebida. Os investigadores testaram o efeito da vareniclina em ratinhos que tinham consumido grandes quantidades de etanol durante um longo período. Os roedores foram treinados para engolir regularmente etanol, durante cinco meses, antes de serem tratados com vareniclina.
 

 

Após lhes ter sido regularmente administrado o fármaco, os animais demonstraram menos interesse pelo etanol. Os resultados deste estudo parecem indicar que o fármaco também ajuda a modular a vontade dos ratinhos em consumir etanol.
 

 

Os cientistas descobriram mais tarde que, quando os ratinhos eram privados de vareniclina, o seu consumo de álcool se mantinha mais baixo do que o consumo anterior.
 

 

Fontes: Lusa e Imprensa Internacional
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.