Farmácias vão poder administrar vacinas não incluídas no PNV

Informações veiculadas pelo ministro da Saúde

04 abril 2007
  |  Partilhar:

 

As farmácias vão passar a administrar vacinas não incluídas no Plano Nacional de Vacinação (PNV) da Direcção-Geral de Saúde, anunciou quarta-feira o ministro da Saúde, Correia de Campos, durante a sessão de abertura da conferência anual do INFARMED.
 

 

O ministro da Saúde referiu estar em preparação a aplicação do 13º ponto do "Compromisso Saúde", onde se inclui a administração das vacinas fora do Plano Nacional de Vacinação nas farmácias.
 

 

Até agora, as vacinas não incluídas no PNV, nomeadamente contra a gripe sazonal ou contra o vírus que causa o cancro do colo do útero, podiam ser adquiridas nas farmácias, mas estas não tinham competência para administrá-las.
 

 

Sobre este assunto, o bastonário da Ordem dos Médicos, Pedro Nunes, manifestou reservas sobre a administração de vacinas nas farmácias, que, na sua opinião, deverá sempre ser feito sob controlo médico.
 

 

Pedro Nunes considerou que o mais importante é que as vacinas continuem a ser prescritas pelos médicos dentro do plano de acompanhamento dos doentes. "A Ordem não terá nada contra a medida, se continuar a haver controlo médico, mas não deixaremos de nos preocupar se a decisão de administrar vacinas for tomada de repente pelos farmacêuticos ou como auto-medicação dos doentes".
 

 

Fontes: Lusa e Público
 

MNI- Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.