Farmácias fazem pressão junto de empresa grossista

Fornecedora suspende venda à Sonae

11 novembro 2005
  |  Partilhar:

 

O proprietário da empresa grossista farmacêutica Botelho e Rodrigues suspendeu o fornecimento de medicamentos não sujeitos a receita médica aos hipermercados da Sonae devido a pressões das farmácias, que sentiam estar a perder clientes, segundo a edição de quinta-feira, 10 de Novembro, o "Diário Económico".
 

 

O boicote por parte das farmácias foi denunciado ao jornal de economia por Mário Cajada, responsável da empresa que já forneceu fármacos sem receita médica ao hipermercado Continente de Loures, mas que deixou de o fazer depois de ter sido alvo de pressões por parte das farmácias, que deixaram de lhe comprar medicamentos.
 

 

Este caso poderá ser aproveitado pela Autoridade da Concorrência, que, de acordo com o jornal, "está a pedir aos lojistas provas de atrasos ou recusas em distribuir os fornecimentos". Contactada pelo jornal, a Autoridade da Concorrência disse não poder confirmar eventuais processos em curso.
 

 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.