Farmacêuticos alertam para falta de medicamentos genéricos nas farmácias
23 janeiro 2002
  |  Partilhar:

O bastonário da Ordem dos Farmacêuticos alertou para
 

a "falta de abastecimento das farmácias em medicamentos
 

genéricos", salientando mesmo que uma parte dos fármacos que
 

deveria estar no mercado "está esgotada".
 

 

Após um encontro que decorreu ontem entre a Ordem e o
 

ministro da Saúde, Aranda da Silva adiantou ter proposto à tutela a obrigatoriedade da prescrição pelo nome da substância farmacológica, de forma a que o farmacêutico "possa escolher entre os genéricos que tem disponíveis".
 

 

A proposta apresentada ao ministro Correia de Campos
 

pressupõe que os médicos passem a prescrever não uma marca ou nome de medicamento, mas sim a designação pela qual a substância farmacológica é conhecida internacionalmente.
 

 

O alerta da Ordem surge nove dias depois de o Ministério
 

da Saúde ter dado início à primeira campanha de informação ao público sobre os medicamentos genéricos, na qual se sublinha que estes fármacos são idênticos aos que têm marca, mas mais baratos.
 

 

Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.