Faltam mais de vinte mil enfermeiros nos hospitais

Declarações da bastonária da Ordem dos Enfermeiros

11 abril 2006
  |  Partilhar:

 

Falta de mais de 21.104 profissionais para garantirem as horas de cuidados de enfermagem necessárias por cada doente internado nos hospitais portugueses, segundo declarações da bastonária da Ordem dos Enfermeiros.
 

 

Maria Augusta Sousa, que intervinha numa sessão conjunta e inédita promovida pelas quatro Ordens profissionais da Saúde, em Lisboa, chamou também a atenção para a desigualdade no acesso aos cuidados de enfermagem no país, devido à má distribuição dos profissionais. Aveiro, Viseu, Leiria e Guarda são alguns dos distritos enumerados pela bastonária como carentes em enfermeiros, face à média nacional.
 

 

A bastonária frisou, no entanto, que a carência de profissionais não implica que os cuidados não sejam prestados, mas sim que os enfermeiros são obrigados a praticar com muita frequência horários de trabalho mais prolongados.
 

 

A falta de profissionais na Saúde foi um dos temas debatidos na sessão conjunta das ordens dos Enfermeiros, Médicos, Farmacêuticos e Médicos-Dentistas, a primeira iniciativa do género organizada por estas entidades e que visou assinalar o Dia Mundial da Saúde.
 

 

Fonte: Lusa
 

MNI- Médicos na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.