Falta de saneamento mata 4 mil crianças por dia
05 março 2005
  |  Partilhar:

Água não potável e falta de saneamento mata quatro mil crianças todos os dias, disseram peritos mundiais da World Healht Organization (WHO), descrevendo a situação como «uma crise humanitária silenciosa». Os peritos pediram uma imediata intervenção na revista The Lancet, tendo sido o relatório publicado na Millennium Development Goals, onde se descreve a situação desde 1990 e se apela a todas as nações para que possam tomar medidas urgentes até 2015.
 

 

MNI_Médicos na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.