Falta de pediatras é grave

Ordem dos Médicos quer que ministério contrate mais especialistas

11 dezembro 2003
  |  Partilhar:

A Ordem dos Médicos reconheceu que a falta de pediatras durante as urgências nocturnas em Lisboa é grave e solicitou ao Ministério da Saúde a contratação de mais profissionais.Numa reunião realizada na terça-feira com profissionais dos três hospitais responsáveis pelo atendimento nocturno das crianças em Lisboa - Dona Estefânia, Santa Maria e São Francisco Xavier - todos concordaram com a necessidade de repensar o actual sistema de urgência, diz um comunicado da secção regional do Sul da Ordem dos Médicos (OM).Os participantes na reunião consideram estar-se «perante uma situação com contornos de gravidade, dado que não há elementos de reserva que permitam fazer face a imprevistos ou ao anormal fluxo que possa resultar, por exemplo, de uma situação epidémica».A Ordem dos Médicos propôs ao ministro da Saúde, Luís Filipe Pereira, a contratação de «médicos com experiência no diagnóstico e tratamento de crianças, preferencialmente especialistas de pediatria», para reforço das equipas de urgência.Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.