Falta de empatia em crianças pode indicar tendência violenta

Estudo da Universidade de Indiana

02 março 2011
  |  Partilhar:

Crianças com altos níveis de traços de falta de empatia podem desenvolver comportamentos anti-sociais e violentos, apontam dados de um estudo apresentado na conferência anual da Associação Americana para o Avanço da Ciência, em Washington, EUA.

 

No estudo, liderado por Nathalie Fontaine, professora assistente de justiça criminal da Universidade de Indiana, EUA, foram analisados dados de mais de 9 mil gémeos nascidos na Grã-Bretanha entre 1994 e 1996. Do total, cerca de um quarto apresentou níveis altos ou oscilantes de empatia. O comportamento das crianças foi avaliado pelas informações dadas pelos pais, quando estas tinham quatro anos, e aos 12 anos, os investigadores questionaram os professores.

 

Aos quatro anos, as crianças com altos níveis de traços de falta de empatia ("callous-unemotional") eram mais propensas a apresentar problemas de hiperactividade, a ter uma disciplina parental negativa ou a viver num ambiente caótico. Aos 12 anos, estas crianças também estavam mais propensas a experimentar resultados negativos, incluindo problemas com os pares, problemas emocionais e sentimentos negativos por parte dos pais.

 

De acordo com a especialista, os dados indicam que os traços de falta de empatia derivam, na maioria dos casos, de influências genéticas, principalmente nos rapazes, enquanto, no caso das raparigas, os factores ambientais parecem exercer uma influência significativa. Por isso, ressalva de que as conclusões deste estudo beneficiariam de avaliações desses factores ambientais ou de risco, como a negligência ou o abuso infantil.

 

Fontaine, no entanto, enfatizou que as suas descobertas não significam que algumas crianças com falta de empatia se tornem necessariamente delinquentes ou psicopatas, mas que a identificação precoce desses traços poderá ajudar a identificar as crianças que estão em risco e a implementar intervenções apropriadas para apoiar e ajudar estas crianças e as suas famílias.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.