Fala utiliza os dois lados do cérebro

Estudo publicado na revista “Nature”

20 janeiro 2014
  |  Partilhar:

A fala necessita da utilização dos dois lados do cérebro, um achado que altera as noções prévias da atividade neurológica, dá conta um estudo publicado na revista “Nature”.
 

“Estes achados vão contra o que era universalmente aceite na comunidade científica, ou seja, que só usávamos um lado do cérebro para falar. Agora temos também uma melhor compreensão de como o discurso é gerado”, revelou, em comunicado de imprensa, o líder do estudo, Bijan Pesaran.
 

Muitos investigadores tinham até à data defendido que tanto a fala como a linguagem estavam lateralizados, ou seja, que apenas um lado cérebro era utilizado na fala e linguagem.
 

Contudo, estas conclusões tiveram por bases estudos em que a atividade cerebral foi medida de uma forma indireta. Assim, neste estudo os investigadores da Universidade de Nova Iorque, nos EUA, decidiram, analisar diretamente a associação entre a fala e o processo neurológico.
 

Os investigadores analisaram os dados da atividade cerebral de pacientes enquanto estes realizavam testes cognitivos e sensoriais.
 

Durante a avaliação foram testadas áreas do cérebro utilizadas na fala, tendo sido pedido aos participantes para repetirem duas palavras que não tinham qualquer significado, de forma a ser possível isolar a fala da linguagem.
 

Assim o estudo apurou que as tarefas associadas à fala utilizavam os dois lados do cérebro, de facto a fala é bilateral.  
 

“Agora que temos um maior conhecimento da ligação entre o cérebro e a fala, é possível começar a desenvolver novas formas de ajudar aqueles pacientes que estão a tentar recuperar a fala após um acidente vascular cerebral ou lesões resultantes de dano cerebral”, conclui Bijan Pesaran.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.