Expressões faciais nos Jogos Olímpicos de Londres vão ser alvo de estudo

Estudo do Laboratório de Expressão Facial da Emoção

23 julho 2012
  |  Partilhar:

As expressões faciais da emoção durante os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos, que se vão realizar em Londres, de 27 de Julho a 12 de Agosto, vão ser alvo de estudo do Laboratório de Expressão Facial da Emoção, da Faculdade de Ciências da Saúde, da Universidade Fernando Pessoa.

 

"O evento vai permitir-nos estudar as variáveis moderadoras da expressão facial da emoção como a idade, o género e o contexto, para que possamos ter a possibilidade de fazer comparações culturais", revelou em comunicado de imprensa o Diretor do Laboratório de Expressão Facial da Emoção, Prof. Doutor Freitas-Magalhães, acrescentando que se pretende também "mapear os vestígios faciais da felicidade e da dor humanas".
 

"Aquele evento dá-nos todos os instrumentos para fazermos dele um excelente laboratório no estudo da expressão facial. Está lá tudo", disse o especialista.
 

O comunicado refere ainda que um estudo pioneiro mundial levado a cabo por este laboratório português constatou que que a cólera foi a emoção mais exibida durante os jogos realizados no Euro 2012.
 

A análise de 31 vídeos, através do Facial Action Coding System (FACS, Ekman, Friesen e Hager, 2002) e do Psy7Faces (Psy7F, Freitas-Magalhães, 2006), códigos de anotação e análise da expressão facial da emoção, únicos no mundo, os investigadores verificaram que a manifestação da expressão facial de cólera foi muito frequente. Os resultados revelam ainda que a alegria e a tristeza foram, por esta ordem, as outras expressões mais exibidas.
 

De acordo com o Prof. Doutor Freitas-Magalhães, os resultados confirmam que “a interação humana, ao nível do exercício competitivo, e independentemente dos grupos étnicos, potencia a evidência das emoções básicas mais comuns”. O congruente estado instintivo que suporta a reação emocional é notório e confirma que, num quadro de competição, a exibição emocional é também uma demonstração de conduta humana, elevada, por vezes ao extremo da agressividade, pretendendo-se, em primeiro lugar, que os adversários vislumbrem quem tem o poder. A face humana revela isso sem qualquer dúvida, por espontânea, intensa, verdadeira e natural no contexto competitivo".

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 5
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.