Exposição ao tabaco pode causar problemas comportamentais nas crianças

Estudo publicado na revista “PLOS ONE”

15 outubro 2015
  |  Partilhar:

A exposição pré e pós-natal ao fumo do tabaco está associada a um risco de distúrbios comportamentais na criança, defende um estudo publicado na revista “PLOS ONE”.

 

As consequências da exposição ao fumo do tabaco são bastante conhecidas e documentadas, conduzindo a várias doenças, incluindo a asma. Contudo, o potencial papel do fumo de tabaco ambiental é bem menos conhecido no que diz respeito à associação a problemas comportamentais nas crianças.

 

Neste estudo, os investigadores do Inserm e da Universidade Marie Curie, em França, resolveram analisar a associação entre a exposição pré e pós-natal ao fumo de tabaco ambiental e problemas comportamentais em 5.221 crianças que frequentavam a escola primária.

 

A exposição pré-natal (dentro do útero) e pós-natal ao fumo do tabaco foi avaliada através de um questionário preenchido pelos pais. Os distúrbios comportamentais foram analisados via o Questionário de Capacidades e Dificuldades, o qual é utilizado para avaliar o funcionamento comportamental e psicossocial das crianças.

 

O estudo apurou especificamente que as doenças emocionais estavam associadas à exposição ao fumo de tabaco ambiental durante o período pré e pós-natal, assim como os problemas de conduta. Esta associação também se verificou para o caso da exposição pré ou pós-natal isoladamente, mas foi menos pronunciada.

 

De acordo com os investigadores, estas observações parecem confirmar os resultados obtidos em testes realizados em animais, ou seja, a nicotina presente no tabaco parece ter um efeito neurotóxico no cérebro. Durante a gravidez, a nicotina presente no fumo do tabaco estimula os recetores de acetilcolina e causa alterações estruturais no cérebro. Nos primeiros meses de vida, a exposição ao tabaco gera um desequilíbrio na proteína que conduz a um crescimento neuronal alterado.

 

“Os nossos dados indicam que o fumo passivo, para além dos efeitos bem conhecidos na saúde, também deve ser evitado devido às doenças comportamentais que pode causar nas crianças”, concluíram os investigadores.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.