Exposição a produtos químicos pode afectar ovários dos fetos

Trabalho apresentado em conferência anual

17 julho 2007
  |  Partilhar:

A exposição de um feto de carneiro a fracas doses de substâncias químicas, frequentemente presentes no ambiente, pode perturbar o desenvolvimento dos ovários.
 

 

Os dados foram anunciados durante a 23ª conferência anual da European Society for Human Reproduction & Embryology (ESHRE) que recentemente se realizou em Lion, França.
 

 

A investigação da equipa liderada por Paul Fowler, da University of Aberdeen, Escócia, consistiu em expor fetos de carneiro em desenvolvimento, fazendo com que a progenitora pastasse em campos fertilizados, comparando os resultados com um grupo de animais não exposto ao fertilizante.
 

 

Posteriormente, os investigadores examinaram os ovários de fetos no 110º dia de gestação, o equivalente à 27ª semana para a gravidez humana.
 

 

“Constatámos que os ovários dos fetos, cuja mãe se alimentou de pastagens tratadas, continham menos óvulos e apresentavam alterações proteicas.
 

 

Essas diferenças podem vir a ter consequências mais tarde, podendo desembocar em doenças oncológicas”, indicaram os investigadores. No quadro do estudo, Richard Sharpe, identificou um nível de testosterona menos elevado e um número de células reduzido nos testículos dos fetos machos expostos às pastagens tratadas.
 

 

Os investigadores esperam agora obter mais fundos para estudar as eventuais implicações destes resultados no homem.
 

 

Fontes: Lusa e Imprensa Internacional
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.