Exposição à luz durante a noite aumenta risco de Cancro da Mama

Estudo publicado na "Chronobiology International"

26 fevereiro 2008
  |  Partilhar:

A exposição à luz durante a noite é o segundo factor que mais contribui para o desenvolvimento de Cancro da Mama, depois dos factores genéticos, revela um estudo da Universidade de Haifa, em Israel, publicado na revista "Chronobiology International".
 

 

Mulheres que moram em ruas e bairros com iluminação pública intensa têm 37% mais probabilidades de desenvolver esse tipo de cancro do que as que residem em regiões mais escuras. Nas áreas com grande quantidade de luz externa durante a madrugada, o risco de desenvolver tumores na mama é ainda 27% superior.
 

 

Os autores recomendam fechar as persianas do quarto ao deitar, usar máscaras para os olhos, se não puder escurecer o local, e diminuir a potência da luz nos ambientes de trabalho após o amanhecer.
 

 

Para chegar a essas conclusões, o especialistas compararam imagens de satélites da Nasa com dados do Registo Nacional de Cancro de Israel sobre o Cancro da Mama por área geográfica.
 

 

Depois, solicitaram a 100 mulheres com a doença e a outras sem cancro que preenchessem um longo questionário sobre aspectos sócio-económicos, ambientais e genéticos que condicionam o desenvolvimento do cancro, assim como sobre o seu grau de exposição à luz durante a noite.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.