Exposição a dioxinas provoca morte das células

Estudo da Universidade de Coimbra

08 outubro 2007
  |  Partilhar:

 

Um estudo da Universidade de Coimbra concluiu que a exposição prolongada a pequenas concentrações de dioxinas leva à morte de células, um resultado que tem particular importância quanto à projectada queima de resíduos industriais em cimenteiras.
 

 

Com o estudo pretendeu-se perceber os mecanismos envolvidos na disfunção pulmonar resultante da exposição a poluentes ambientais.
 

 

Em nota de imprensa, a Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC) divulga os primeiros resultados de uma investigação que visou estudar os efeitos nocivos das dioxinas no pulmão, "na sequência de falta de informação relativa ao processo de co-incineração de resíduos tóxicos", nomeadamente na cimenteira de Souselas, nos arredores da cidade.
 

 

"A exposição prolongada do pulmão a pequenas concentrações de dioxinas tem efeitos altamente tóxicos, levando mesmo à morte de células", conclui um estudo pioneiro iniciado em 2006 no Departamento de Zoologia da FCTUC, sob a coordenação do docente Carlos Palmeira.
 

 

Numa primeira fase, in vitro, foram estudados os efeitos da Tetraclorodibenzo-p-dioxina (TCDD), umas das dioxinas presentes em maior quantidade na atmosfera, e dos Dibenzofuranos (DBZ). Em face dos resultados obtidos, Carlos Palmeira concluiu que, "em qualquer ambiente onde a concentração de dioxinas for elevada, estamos perante um grave problema de Saúde Pública".
 

 

Fonte: Lusa
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.